WorldCat Identities

Iversson, Lygia Busch

Overview
Works: 32 works in 35 publications in 2 languages and 39 library holdings
Roles: Author, Thesis advisor
Publication Timeline
.
Most widely held works by Lygia Busch Iversson
A baixa transmissão de dengue na região metropolitana de São Paulo no contexto das demais regiões do Estado : razões e perspectiva by Cláudia Barlota do Nascimento( Book )

1 edition published in 2001 in Portuguese and held by 2 WorldCat member libraries worldwide

Com o objetivo de analisar a baixa transmissão de dengue na área metropolitana de São Paulo, no contexto de outras regiões do Estado, no período entre janeiro de 1995 e junho de 2000, estudou-se conjuntamente, segundo Administração Regional de Saúde (ARS) para São Paulo e município para o restante da região, as seguintes variáveis: número de casos de dengue autóctones e importados, densidade demográfica, presença e densidade de Aedes aegypti e Aedes albopictus, temperaturas máxima, média e mínima anuais, índice pluviométrico anual e qualidade do ar anual. Observou-se a ocorrência de 1000 casos importados principalmente da Bahia, Pernambuco e de outras regiões do Estado de São Paulo e de apenas 2 casos autóctones ocorridos em 1999 na região oeste do Município de São Paulo. Todos os municípios da Região estavam infestados por Aedes aegypti e/ou Aedes albopictus, sendo que 14 deles apresentavam as duas espécies. Não se registrou infestação por Aedes aegypti dissociado de Ae. Albopictus e não foi registrada transmissão de dengue em áreas onde só ocorria esta Segunda espécie. Conclui-se que o percentual de imóveis infestados foi o melhor indicador da infestação por Aedes aegypti. Observou-se que ocorreu elevação da temperatura e diminuição da pluviosidade no período estudado, sem que ocorresse uma correlação entre essas duas variáveis e essa infestação. Foram observadas correlações entre infestação por Aedes aegypti e re
Doenca humana por hantavirus by Lygia Busch Iversson( )

2 editions published between 1996 and 2002 in Portuguese and held by 2 WorldCat member libraries worldwide

Trata da doenca humana por hantavirus, seu agente etiologico, reservatorios, epidemiologia, quadro clinico, patogenia, diagnostico, tratamento e profilaxia. (MC)
Circulation of eastern equine encephalitis, western equine encephalitis, Ilheus, Maguari and Tacaiuma viruses in equines of the Brazilian Pantanal, South America by Lygia Busch Iversson( )

2 editions published in 1993 in English and held by 2 WorldCat member libraries worldwide

Neutralizing antibodies to EEE (6.7), WEE (1.2), ILH (26.6), MAG (28.2) and TCM (15.7) viruses were found in sera of 432 equines of the Brazilian Pantanal, area where undiagnosed horse deaths are frequently observed. A 4-fold rise in CF titer to EEE virus was detected in acute and convalescent sera of an encephalitis horse sacrificed in 1992. Antibodies to EEE, ILH, MAG and TCM viruses were detected in horses less than 2 years old indicating recent circulation of these viruses in the Pantanal. The evidence of recent equine encephalitis associated with rising CF titer to EEE warrants a more intensive study with attempts to isolate virus from horses with clinical manifestations of encephalitis.(Au)
Hantavirus pulmonary syndrome in the rural area of Juquitiba, Sao Paulo metropolitan area, Brazil by Lygia Busch Iversson( )

1 edition published in 1997 in English and held by 2 WorldCat member libraries worldwide

Estudo epidemiológico da malária urbana de Porto Velho, RO, no período de julho de 1992 a junho de 1997 by Manoel Renato Machado Filho( Book )

1 edition published in 1999 in Portuguese and held by 2 WorldCat member libraries worldwide

Analisa a morbidade por malária na cidade de Porto Velho, RO. Os dados foram analisados segundo espaço, tempo, características das pessoas sexo e idade), espécie de Plasmodium infectante e parâmetros físico do ambiente como pluviosidade total, temperatura média, umidade relativa do ar e nível de água do Rio Madeira. O Índice Para'itário Anual (PA) foi utilizado para estratificação da área urbana da cidade em três zonas de transmissão da infecção e a elaboração de mapas com adisposição espacial da ocorrência de malária, em cada ano estudado. O coeficiente de incidência de malária entre os residentes na cidade foi calculado no ano de 1996. A transmissão de malária na cidade, embora menor do que no meio rural domunicípio, manteve-se elevada, registrando um IPA médio de 29,01 lâminas positivas/1.000 habitantes. O ano de 1996 apresentou um IPA significativamente maior que a média do quinquênio. A transmissão da infecção apresentou picos sazonais edefiniu um pluviosidade total e pela umidade relativa do ar. Observou-se que 74,14 por cento dos registros na cidade corresponderam a infecções provocadas por Plasmodium vivax. Detectou-se uma tendência de redução na incidência de malária por P.falciparum na cidade ao longo do período estudado. 29,3 por cento das localidades urbanas pesquisadas apresentaram transmissão contínua da infecção por P. vivax, enquanto apenas 8,5 por cento das localidades apresentaram comportamento similarpara
Infecção humana por hantavírus nas Américas by Erika Griese( Book )

1 edition published in 2000 in Portuguese and held by 2 WorldCat member libraries worldwide

Com o objetivo de sistematizar e analisar o grande número de informações e o crescente conhecimento a respeito dos aspectos clínicos, epidemiológicos e profiláticos da infecção humana por Hantavírus nas Américas foi realizado extenso levantamentobibliográfico sobre o assunto. A análise dos dados aponta questões importantes referentes à identificação de novos Hantavírus, seus reservatórios, formas de transmissão do vírus, fatores e grupos de risco e referentes à atuação dos órgãos desaúde pública e de laboratórios de pesquisa de diversos países na vigilância epidemiológica e profilaxia da SPH
Encefalite por Arbovirus Rocio by Lygia Busch Iversson( )

2 editions published between 1996 and 2002 in Portuguese and held by 2 WorldCat member libraries worldwide

Aborda a encefalite por arbovirus Rocio sob aspectos da etiologia, patologia, quadro clinico, exames laboratoriais, epidemiologia e profilaxia. (MC)
Epidemiologia do acidente por serpentes peçonhentas: estudo de casos atendidos em 1988 by Lindioneza Adriano Ribeiro( )

1 edition published in 1995 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Avalia aspectos epidemiologicos de acidentes por serpentes peconhentas no Estado de Sao Paulo, Brasil, com base em prontuarios de 322 pacientes e em entrevistas feitas com 209 deles e/ou seus acompanhantes. Os acidentes ocorreram principalmente com pessoas de 10 a 20 anos de idade, do sexo masculino, nos meses de outubro a abril e no periodo diurno. As regioes anatonicas mais frequentemente picadas foram os pes, as maos e as pernas. Bothrops, Crotalus e Micrurus foram responsaveis por, respectivamente, 95,0 por cento, 4,4 por cento e 0,6 por cento dos casos. Nao ocorreram obitos, mas 2,2 por cento dos pacientes apresentaram sequelas. Dentre os 209 entrevistados, a ocupacao de lavrador foi a mais frequentemente relacionada ao acidente que, em aproximadamente 60 por cento das vezes, ocorreu durante o trabalho. O total de 160 pacientes (76,6 por cento) submeteram-se a alguma forma de tratamento antes de chegarem a um servico de saude: foram mais comuns o uso de torniquete (50,2 por cento), a expressao local na tentativa de retirar parte do veneno (33,5 por cento), a colocacao das mais diversas substancias sobre o local da picada (36,8 por cento) e a ingestao de outras (12,9 por cento); pouco mais de um quarto dos pacientes submeteram-se a alguma forma de tratamento medico antes de chegar ao HVB sendo mais comum a antissepsia (8,2 por cento), a administracao do antiveneno (6,2 por cento), de anti-histaminicos (5,7 por cento) e de analgesicos (5,3 por cento) (AU)
Estudos ecoepidemiologicos dirigidos a arbovirus patogenicos para o homem na regiao da Mata Atlantica do Estado de Sao Paulo by Lygia Busch Iversson( )

1 edition published in 1993 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Fornece dados sobre a existencia de arbovirus para o homem, na regiao da Mata Atlantica, no estado de Sao Paulo. Presenca do virus Rocio, informacoes epidemiologicas sobre o complexo VEE, a EEE, virus Caraparu. Estabelece os ciclos de transmissao hipoteticas dos arbovirus patogenicos para o homem, nesta area (MC)
Teste imunoenzimatico no diagnostico de arboviroses-deteccao de anticorpos IGM especificos antiflavivirus Rocio em infeccoes agudas; resumos by Lygia Busch Iversson( )

1 edition published in 1985 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Soros de 75 pacientes que apresentaram encefalite, foram testados por tecnica imunoenzimatica, ELISA, utilizando-se microplacas de poliestireno sensibilizadas com anti-IgM humana. Dos 75 doentes, 23 apresentavam sorologia positiva indicativa de infeccao aguda por virus Rocio, 48 tinham resultados sorologicos inconclusivos e 4, soros nao reagentes para o virus. No desenvolvimento do teste imunoenzimatico as placas foram incubadas com os soros dos pacientes nas diluicoes 1/10 e 1/100, com os extratos antigenicos dos flavivirus Rocio, Ilheus e da encefalite St. Louis, previamente titulados, e com o conjugado de anticorpo monoclonal marcado com fosfatase alcalina. A reacao foi revelada com substrato de p-nitrofenil fosfato e avaliada espectrofotometricamente em 410nm; nos testes foram incluidos controles de soros negativos e positivo e conjugado. Obtiveram-se resultados positivos com teste ELISA nos 23 pacientes com diagnostico confirmado (nas 2 amostras de soro em 21 e em uma amostra em 2) e em 85,4% (41/48) dos doentes com resultados inconclusivos por IH e FC. Nos 4 soros nao reagentes o teste ELISA foi negativo. Para verificar a possivel presenca de anticorpos IgM nao especificos, 35 soros positivos por ELISA foram retestados depois de absorvidos com gama-globulina agregada pelo calor, segundo procedimentos de Camargo et al. (1972), observando-se em 34 variacao nao significativa dos valores obtidos antes da absorcao (AU)
Relationship between the prevalence of antibodies to arbovirus and hepatitis B virus in the Vale do Ribeira region, Brazil by Cláudio Sérgio Pannuti( )

1 edition published in 1989 in English and held by 1 WorldCat member library worldwide

280 escolares de 6 a 14 anos de idade, residentes em Iguape, Vale do Ribeira, sudeste do estado de Sao Paulo, foram estudados com o objetivo de verificar possivel associacao entre a prevalencia de anticorpos para hepatite B e a exposicao a mosquitos hematofagos, avaliada indiretamente pela prevalencia de anticorpos de arbovirus. As criancas eram originarias de 4 areas com caracteristicas topograficas e fitograficas diferentes: 89 residiam em area urbana, 89 em area periurbana, 30 em area de cultivo extensivo de banana e hotalicas e 72 em area florestal. Estudos previos mostraram significante maior prevalencia de anticorpos de arbovirus nas areas cultivada e florestal do que nas areas urbana e periurbana. A pesquisa de anti-HBs foi feita por radioimunoensaio (Ausab, Laboratorio Abbott) e de anti-HBc por ensaio imunenzimatico (Rocha). Observou-se que os escolares residentes na area florestal apresentaram mais alta prevalencia (26/71 = 36.1%) de anticorpos para hepatite B de que os residentes nas areas urbana (5/89 = 5.6%), periurbana (6/89 = 6.7%) e cultivada (0.30 = 0%). Os resultados sugerem a existencia de fator comum na transmissao de arboviroses e de hepatite B, apoiado a hipotese que nas regioes tropicais com presenca de mata moaquitos possam desmpenhar importante papel na transmissao da hepatite B (AU)
Estudos sorologicos para pesquisa de anticorpos de arbovirus na populacao humana da regiao do Vale do Ribeira. I - Seguimento sorologico de grupo populacional residente em ambiente silvestre by Lygia Busch Iversson( )

1 edition published in 1982 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Foi realizado de julho de 1977 a julho de 1978 um seguimento sorologico para pesquisa de anticorpos inibidores de hemaglutinacao (IH) de 18 arbovirus em um grupo de homens que residiam em acampamentos no ambiente silvestre e trabalhavam na abertura de estradas na regiao do Vale do Ribeira, Sao Paulo, Brasil, onde ocorreu no periodo de 1975 a 1977 uma extensa epidemia de encefalite por arbovirus do grupo B, Rocio. Verificou-se que 39,8% dos trabalhadores apresentou anticorpos IH para arbovirus dos Grupos A, B, Anopheles A, Phlebotomus, Supergrupo Bunyamwera e nao grupados. Em 20,5% estavam presentes anticorpos para o Grupo A, em 14,5% para o Grupo C e em 13,2% para o Grupo B. Testes de soroneutralizacao em camundongo mostraram valores> ou igual 1,7 log IN para virus Ilheus, St. Louis e Mucambo. Durante o periodo de observacao, dois dos homens, residentes no mesmo acampamento, apresentaram conversao sorologica para um "flavivirus" que nao o virus Rocio (AU)
Investigacao epidemiologica de casos de febre amarela na regiao noroeste do Estado de Sao Paulo, Brasil by Terezinha Lisieux Moraes Coimbra( )

1 edition published in 1987 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Descreve-se investigacao epidemiologica conduzida a partir da notificacao de tres casos suspeitos de febre amarela em moradores da regiao noroeste do Estado de Sao Paulo, Brasil, onde se identificou a presenca de Aedes aegypti. Concluiu-se que se tratavam de casos de febre amarela silvestre adquirida em area endemica do Estado vizinho de Mato Grosso. Apesar da presenca de focos de Aedes aegypti nos locais de residencia dos doentes, nao foram encontradas evidencias de transmissao do virus amarilico nesses locais. O teste MAC ELISA mostrou-se de grande utilidade no rapido esclarecimento diagnostico dos casos suspeitos da molestia, ao lado das tecnicas tradicionais, e no inquerito sorologico conduzido entre familiares, vizinhos e colegas de trabalho dos doentes (AU)
Human disease in Ribeira Valley, Brazil caused by Caraparu, a Group C arbovirus: report of a case by Lygia Busch Iversson( )

1 edition published in 1987 in English and held by 1 WorldCat member library worldwide

Relatam-se os dados clinicos e laboratoriais de um caso de molestia humana causada por virus identico ou antigenicamente muito relacionado ao arbovirus do Grupo C Caraparu, em um morador da regiao do Vale do Ribeira, Estado de Sao Paulo, sudeste do Brasil. O fato apresenta interesse medico sanitario pois embora existam evidencias da presenca de inumeros arbovirus na area, os unicos casos comprovados de doenca por esses agentes foram os de encefalite pelo virus Rocio durante a epidemia ocorrida em 1975-1977. Os resultados dos testes sorologicos sugerem diferenca anti-genica entre as cepas de virus Caraparu isoladas nos Estados de Sao Paulo e Para e proximidade antigenica entre a cepa de Caraparu de Sao Paulo e o virus Bruconha (AU)
Significado do estudo de caso em epidemiologia by Lygia Busch Iversson( )

1 edition published in 1987 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Discute-se a utilizacao do estudo de caso em epidemiologia, analisando as vantagens e as dificuldades que o metodo oferece (AU)
Encefalite na regiao do Vale do Ribeira, Sao Paulo, Brasil, no periodo pos-epidemico de 1978 a 1983: situacao do diagnostico etiologico e caracteristicas epidemiologicas by Lygia Busch Iversson( )

1 edition published in 1984 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Relatam-se os resultados do levantamento de dados referentes ao diagnostico etiologico (Au), distribuicao e letalidade das encefalites na regiao do Vale do Ribeira, Sao Paulo, Brasil, no periodo de 1978 a 1983, apos uma epidemia de encefalite por arbovirus. Verificou-se que nao foi possivel o diagnostico etiologico (Au) em nenhum dos 80 casos conhecidos. Em apenas 9 doentes (11, 25%) foram coletadas duas amostras pares de soro, nao se tendo observado conversao sorologica. Em 29 dos 33 pacientes em que se dispunha de pelo menos uma amostra de soro realizou-se teste de inibicao de hemaglutinacao para os flavivirus Rocio, Ilheus e St. Louis, observando-se em 8 a presenca de titulos maior igual 20 para esses virus. Testes para os alphavirus VEE EEE e Mucambo foram efetuados em quatro dos 33 pacientes, com resultados negativos. A distribuicao espacial, etaria e por sexo dos casos apresentou padroes semelhantes aos do periodo epidemico, ao contrario de letalidade que mostrou um aumento significante, de 9,9% para 25,0%. Os autores enfatizam a urgencia no incremento da Vigilancia epidemiologica das encefalites por arbovirus na regiao, sugerindo medidas dirigidas ao diagnostico etiologico (Au)
Avaliacao do diagnostico laboratorial da doenca meningococica em pacientes internados em um hospital sentinela no municipio de Campinas/SP, 1988-1991 by Brigina Kemp( )

1 edition published in 1998 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

A analise dos exames relizados em 65 casos de Doenca Meningococica internados no Hospital Alvaro Ribeiro, Campinas/SP, de 1988 a 1991, mostrou que em 56,9(por cento) dos casos foi possivel identificar os sorogrupos de Neisseria meningitidis, onde houve predominancia do meningococo sorogrupo B, e em 7,7(por cento) foi possivel detectar somente o diplococo Gram negativo. Encontrou-se valores de positividade semelhante para bacterioscopia e cultura de liquido cefalorraquidiano (LCR), 61,7(por cento) e 61,5(por cento) respectivamente. A maior positividade, na associacao dos exames, foi encontrada na bacterioscopia e cultura, 74,5(por cento), com valor aproximado na associacao de bacterioscopia, cultura e imunoeletroforese cruzada (IEC), 73,8(por cento). Os resultados das associacoes de bacterioscopia e IEC e de cultura e IEC foram mais baixos e semelhantes: 62,0(por cento) e 62,2(por cento) respectivamente. Foi baixa a positividade dos exames de IEC, 34,8(por cento)
Inquérito soroepidemiológico para pesquisa de infecções por arbovírus em moradores de reserva ecológica by Nicolina Silvana Romano( )

1 edition published in 2000 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Objetivo: Inqueritos sorologicos tem evidenciado ampla circulacao de arbovirus causadores de doenca humana na Regiao do Vale do Ribeira, Sao Paulo, Brasil. Com o proposito de estabelecer a prevalencia de infeccoes por esses agentes em reserva ecologica, localizada naquela area, pesquisou-se a presenca de anticorpos, bem como suas possiveis associacoes com caracteristicas individuais e familiares dos investigados. Metodos: Pesquisaram-se anticorpos para os antigenos dos virus Rocio (ROC), Ilheus (ILH), encefalite de St. Louis (SLE), encefalites equinas do leste (EEE), oeste (WEE) e venezuelana (VEE), em 182 pessoas pertencentes a 58 familias residentes na Estacao Ecologica de Jureia-Itatins, utilizando-se testes de inibicao de hemaglutinacao e neutralizacao com reducao de placas. Usou-se Mac-Elisa para pesquisar anticorpos IgM para os virus ROC, ILH e EEE. Resultados: Foi observada a presenca de anticorpos para todos os arbovirus testados, com excecao do virus WEE. A prevalencia total de anticorpos foi 26,9 por cento (21,4 por cento para alfavirus e 12,6 por cento para flavivirus). Nao foram encontrados anticorpos IgM. Entre as varias caracteristicas pesquisadas dos individuos e de suas familias, a idade, a ocupacao, a naturalidade e o habito de entrar na mata mostraram-se estatisticamente associados a infeccoes por arbovirus (p<0,05). Conclusoes: Existe intensa circulacao de arbovirus patogenicos, especialmente do alfavirus VEE, na populacao estudada. Aparentemente, a principal forma de exposicao a vetores de arbovirus nessa populacao e o habito de entrar na mata. Sugerem-se outras investigacoes sobre a responsabilidade de aves atuando como amplificadores de virus dentro dos domicilios (AU)
Rocio viral encephalitis; part C by O. Souza Lopes( )

1 edition published in 1994 in English and held by 1 WorldCat member library worldwide

Rocio viral encephalitis is an acute severe neurological human disease caused by a Flavivirus which lends its name to the disease (AU)
Situacao atual do conhecimento ecoepidemiologico sobre arbovirus patogenicos para o homem na regiao da Mata Atlantica do estado de Sao Paulo by Lygia Busch Iversson( )

1 edition published in 1994 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

O autor analisa as informacoes eco-epidemiologicas disponiveis sobre arbovirus patogenicos para o homem na regiao da Mata Atlantica do Estado de Sao Paulo, propondo, a partir das mesmas, os presumiveis ciclos de transmissao desses agentes.(AU)
 
moreShow More Titles
fewerShow Fewer Titles
Audience Level
0
Audience Level
1
  General Special  
Audience level: 0.97 (from 0.90 for Estudo epi ... to 0.99 for Estudo epi ...)

Alternative Names
Busch Iversson, Lygia

Languages