WorldCat Identities

Bandeira, Cesar Orlando Peralta

Overview
Works: 19 works in 19 publications in 1 language and 19 library holdings
Roles: Author
Publication Timeline
.
Most widely held works by Cesar Orlando Peralta Bandeira
Eficacia do tubo de borracha como revestimento interno em anastomoses esofagicas em caes by Orlando Ribeiro Prado Filho( )

1 edition published in 1999 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

O objetivo deste trabalho foi avaliar a tecnica operatoria de revestimento interno com dreno de Penrose nas anastomoses esofago-esofagicas cervicais termino-terminais. Foram utilizados 16 caes machos com pesos compreendidos entre 8 e 10Kg, distribuidos em dois grupos de 8 animais, baseados nos periodos de pos-operatorios, de 7 ou 14 dias. Em cada grupo, as anastomoses foram avaliadas em seus aspectos clinicos, macroscopicos e microscopicos. Nenhuma fistula ou obito foi observado no pos-operatorio. Todos os animais apresentaram disfagia por tempo minimo de 7 dias. A microscopia optica, observou-se deficiencia na regeneracao das tunicas submucosa e mucosa anastomoses. Os resultados observados permitem concluir que a anastomose esofago-esofagica cervical com revestimento interno com dreno de Penrose e factivel ... (Au)
Estudo comparativo do comprimento renal em ratos obtido pelo ultra-som e pelo paquimetro by Wilian Setsumi Taguchi( )

1 edition published in 2001 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

O objetivo deste trabalho foi comparar o comprimento renal em ratos obtido pelo ultra-som e pelo paquimetro. Foi medido o comprimento renal de 36 rins de 18 ratos Wistar, machos, adultos, com peso medio de 208 gramas. As medidas foram realizadas por dois observadores, denominados observador 1 e observador 2. Os valores obtidos por ultra-som dos observadores 1 e 2 foram, em media, respectivamente, 1.92 cm e 1.92 cm para o rim direito e 1.91 cm e 1.92 cm para o rim esquerdo. Essa diferenca nao foi significante. Os valores obtidos por ultra-som e por paquimetro, pelo observador 1, dos rins direito e esquerdo foram, em media, 1.92 cm e 1.80 cm. Essa diferenca foi significante, mostrando que o comprimento obtido pelo ultra-som foi maior que pelo paquimetro. Concluiu-se que o comprimento renal no rato, obtido pelo ultra-som, e maior do que o observado pelo paquimetro(AU)
Fatores hepatotroficos e regeneracao hepatica. Parte II: fatores de crescimento by Jose Antonio Gorla Junior( )

1 edition published in 2001 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Varias substancias identificaveis estao implicadas no processo de crescimento hepatico, entre elas os fatores de crescimento. A maioria deles possui diferentes acoes, estimulando a proliferacao de celulas, ou mesmo inibindo na dependencia de suas concentracoes. Dentre os fatores de crescimento, ou somatomedinas, com acao sobre o figado pode-se destacar: HGF; EGF; TGF-alpha; TGF b ; Interleucina 6; IGF; FGF; VEGF; KGF; HSS e ALR. A acao conjunta dos hormonios HGF, TGF-alpha, IL-6, TNF-alpha, norepinefrina, EGF, permite que insulina, glucagon e o proprio EGF manifestem seus efeitos. O HGF tem papel vital, talvez o principal "gatilho" deste processo, gerando um sinal endocrino que ativa fortemente a mitogenese nos hepatocitos ja "preparados" pelo EGF, IL-6, insulina, matriz remanescente e outros, levando a sintese de DNA. Admite-se que o EGF tambem participe dos eventos iniciais do processo logo apos a hepatectomia e que FGF, VEGF e KGF tambem participem dos eventos ligados a recomposicao de outros tecidos. (AU)
Fatores hepatotróficos e regeneração hepática. Parte I: o papel dos hormônios by Jose Antonio Gorla Junior( )

1 edition published in 2001 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

No complexo processo de proliferação celular, os hormônios agem de diferentes maneiras ao atingirem seus receptores nos tecidos-alvo. Os principais fatores ligados ao crescimento hepático são HGF, TGF-alpha, IL-6, TNF-alpha, norepinefrina, EGF e insulina. O GH estimula tanto o fígado a produzir fatores de crescimento, como a expressão genética do HGF e a síntese de DNA. Hormônios tireoideanos aumentam a capacidade proliferativa dos hepatócitos. A insulina age sinergicamente com GH e glucagon. Não tem potencial mitogênico primário mas intensifica o estímulo regenerativo iniciado pela epinefrina e norepinefrina. Esta amplifica os sinais mitogênicos do EGF e HGF, induz a secreção de EGF e antagoniza os efeitos inibitórios do TGF-beta 1. O glucagon isoladamente não produz efeitos mas provavelmente participa na síntese de DNA e da resposta homeostásica pela qual a glicemia é mantida estável durante a regeneração. Também há indícios de ação hepatotrófica da gastrina
Estudo comparativo entre diferentes tipos de revestimento interno de anastomoses esofagicas em caes by Orlando Ribeiro Prado Filho( )

1 edition published in 1999 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

O objetivo deste trabalho foi comparar, de modo prospectivo e casualizado, duas tecnicas de sutura: uma com revestimento interno com dreno de PENROSE e outra utilizando a invaginacao submucosa-mucosa nas anastomoses esofago-esofagicas cervicais. Foram utilizados trinta e dois caes machos com pesos entre 8 e 10 Kg, distribuidos em dois grupos de dezesseis animais. Cada grupo foi dividido em dois subgrupos baseado nos periodos observados ate o 7o e 14o dias de pos-operatorios. Em cada grupo, as anastomoses foram avaliadas em seus aspectos clinicos, macroscopicos e microscopicos. Nenhuma fistula ou obito foi observado no pos-operatorio. Todos os animais do grupo com revestimento interno com dreno de PENROSE apresentaram disfagia por tempo minimo de sete dias, enquanto apenas quatro animais do grupo sutura com invaginacao apresentaram disfagia transitoria com duracao maxima de dois dias. A microscopia optica, foi observada deficiencia na regeneracao das tunicas submucosa e mucosa nas anastomoses com protese. Os resultados observados permitem concluir que a anastomose esofago-esofagica cervical com revestimento interno com dreno de PENROSE apresentou piores resultados do que a por invaginacao. (Au)
Modelo experimental de hernia ventral em ratos by Marino Jose Mardegam( )

1 edition published in 2001 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

O objetivo deste experimento foi estudar o comportamento de defeitos provocados na parede abdominal, com a finalidade de estabelecer um modelo de hernia ventral em ratos. Cem ratos com peso entre 230 e 260 g e idade de tres meses foram distribuidos em dois grupos. No grupo I, os animais foram submetidos a uma incisao padronizada na linha alba. No grupo II, os animais foram submetidos a exerese padronizada musculo-aponeurotica da regiao anterior do abdome. Em ambos os grupos, os animais foram redistribuidos em tres subgrupos (A, B e C), conforme o tempo de observacao de 15, 30 e 45 dias, respectivamente. Nas hernias desenvolvidas, foram analisados dimensoes lineares e volume, presenca de aderencias e aspectos histologicos de fragmentos do saco herniario. Para analise de resultados, foram empregados testes estatisticos. Os animais dos subgrupos I A, I B e I C, respectivamente, 93,3 por cento, 45 por cento e 53,3 por cento, e dos subgrupos II A, II B e II C, respectivamente, 66,7 por cento, 35 por cento e 47,7 por cento, desenvolveram hernias. Em ambos os grupos, as medidas do eixo maior dos anulos herniarios ultrapassaram 3 centimetros e os volumes, em media, superiores a 3 mL, classificando-as como hernias de grandes dimensoes. Aderencias foram encontradas praticamente em todos os animais. A mortalidade pos-operatoria foi em media de 8 por cento, no grupo I, e de 18 por cento, no grupo II, sendo a evisceracao a causa dos obitos. O estudo histologico mostrou maturacao do saco herniario aos 30 dias de observacao em ambos os grupos. De acordo com os resultados obtidos, o modelo incisao (grupo I) foi o mais adequado para simular hernia ventral no rato, apesar de nao ter havido desenvolvimento de hernia em todos os animais(AU)
Investigação do uso de heparinização regional durante isquemia arterial temporária em coelhos by Dorival Moreschi Junior( )

1 edition published in 1999 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da heparinização regional durante a isquemia arterial temporária em coelhos. Os parâmetros avaliados foram a medida do tempo de tromboplastina parcial ativada (TTPa) e a presença ou ausência de trombos ou edema endotelial nos vasos estudados. Foram utilizados 40 coelhos Nova Zelândia, distribuídos em dois grupos de 20 animais. Após dissecção e reparo da artéria ilíaca esquerda, realizou uma arteriotomia e introduziu-se um cateter de polietileno para injeção de solução de heparina no grupo experimento ou de soro fisiológico no grupo controle. O TTPa foi medido no início do experimento e após 90 minutos de isquemia, não sendo encontrado diferenças significantes entre os valores iniciais e ao final do experimento. Na avaliação microscópica não foi encontrada a presença de trombos nos vasos dos animais de ambos os grupos. Em apenas um animal do grupo controle houve a ocorrência de espessamento intimal e desarranjo da camada média, interpretado como edema endotelial, porém este dado não foi significante. Concluiu-se que a injeção intra-arterial de heparina na dose de 60 UI/kg peso não provocou alterações significantes na coagulação sistêmica do coelho, e que na ausência de lesão endotelial não ocorreu trombose dos vasos estudados, com ou sem a utilização de heparina
Efeitos do pneumoperitonio em ratos by Marco Aurelio Valadao Fagundes( )

1 edition published in 2001 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

O objetivo deste trabalho e investigar o efeito de diferentes pressoes de pneumoperitonio na gasometria arterial, rins e figado de ratos. Foram utilizados 20 ratos machos, com peso entre 350 e 400 gramas distribuidos em 2 grupos de 10 animais. O controle do experimento foi o proprio animal. Retiraram-se retirou-se amostras de sangue antes da introducao do CO2 na cavidade peritonial, as quais foram submetidas ao tempo de 1 hora, em pressoes de 4 e 6 mm Hg. Os resultados observados permitem concluir que o aumento da pressao intra-abdominal por dioxido de carbono em ratos promove alteracoes na gasometria arterial, figado e rins. Porem, no figado e rins, estas alteracoes nao traduzem lesao hepatica e renal neste tempo estudado(AU)
Herniorrafia inguinal: anestesia local ou regional? by Martin Zavadinack Netto( )

1 edition published in 2000 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

A herniorrafia inguinal e um dos procedimentos cirurgicos mais realizados no mundo. Devido a isso tem-se procurado otimizar o procedimento, diminuindo custos, tempo de internamento e complicacoes decorrentes do ato operatorio e da anestesia. Neste trabalho, fizemos uma analise comparativa entre anestesia regional e anestesia local na herniorrafia de 32 pacientes divididos em dois grupos. No grupo 1, foi utilizada anestesia regional e, no grupo 2, anestesia local. Em relacao ao desconforto transoperatorio, o metodo de anestesia regional se mostrou mais efetivo. ja em relacao a incidencia de complicacoes pos-operatorias e diminuicao do tempo de internamento, a anestesia local se mostrou mais eficiente(AU)
Estudo morfologico da anastomose esofago-esofagica cervical com adesivo de fibrina, em caes by Orlando Ribeiro Prado Filho( )

1 edition published in 2002 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

O objetivo deste trabalho foi estudar os efeitos da associacao do adesivo cirurgico de fibrina a tecnica operatoria da invaginacao submucosa. Quarenta e oito caes foram alocados em tres grupos e foram avaliados no setimo e decimo quarto dias de pos-operatorio. Foram analisados: a evolucao ponderal, o indice de estenose, a incidencia de deiscencias e fistulas, a presenca de secrecoes na tela subcutanea, a presenca de liquido intersticial, matriz proteica, celularidade, fibroblastos, fibras de colageno e a concentracao de hidroxiprolina. O indice de estenose foi menor para os animais do grupo I no setimo dia de observacao em comparacao com os outros dois grupos. A incidencia de fistulas foi significante no grupo II aos sete dias de observacao, assim como a presenca de deiscencias aos sete dias nos grupos II e III e aos quatorze dias nos grupos II e III. A anastomose por invaginacao submucosa-mucosa com vedacao com adesivo de fibrina apresentou piores resultados que a anastomose convencional de doze pontos circunferencias(AU)
Comparacao da anastomose traqueal suturada com fio de nailon monofilamentar e categute cromado em coelhos submetidos a acao do diclofenado sodico by Cesar Orlando Peralta Bandeira( )

1 edition published in 1990 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Este trabalho experimental visa comparar anastomoses traqueias suturadas com fio de nailon monofilamentar e categute cromado em coelhos tratados com diclofenaco sodico. Os coelhos foram distribuidos em tres grupos de 24 animais cada. Para cada animal com anastomose por nailon monofilamentar ou categute cromado submetido a administracao do diclofenaco sodico na dose de 10mg/kg por dia (via i.p.), havia seu controle. No 7[vbar], 14[vbar] e 21[vbar] dia de pos-operatorio sacrificava-se o animal e retirava-se a traqueia cervical para estudo macroscopico e histologico. Os resultados mostraram que a cicatrizacao da anastomose foi melhor quando suturada com o fio de categute cromado. O diclofenaco sodico nao interferiu nos processos inflamatorios cicatriciais da anastomose traqueal no 7[vbar], 14[vbar] e 21[vbar] dias de pos-operatorio (AU)
Estudo comparativo do tratamento de ferimento de colon de coelho com reparo seroso da parede de jejunum e sutura primária by Carlos Edmundo Fontes( )

1 edition published in 2000 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Os animais foram submetidos a procedimento operatório sob anestesia geral para a produção de dois ferimentos padronizados em colo não preparado, usando instrumento desenvolvido para esta finalidade. O primeiro ferimento foi produzido a 2 cm do ceco e o segundo 20 cm eqüidistante deste, no sentido caudal. Estes ferimentos foram reparados obedecendo a resultado de sorteio que determinou a técnica a ser usada, se com o lado seroso da parede de jejuno ou por sutura primária. Nas duas técnicas foram usados pontos separados de fio monofilamentar de poliglecaprone 4-0, sendo que o animal serviu de controle para si mesmo. Realizou-se eutanásia no 7o. P.O. para os animais do sub-grupo A e no 30o. P.O. para os animais do sub-grupo B para avaliação macroscópica e microscópica. O experimento demonstrou que é viável o uso do lado seroso da parede de jejuno para reparar ferimento em colo não preparado e apresentou resultados com tendências a serem superiores aos da sutura primária, não dual de Maringá
Comparacao da anastomose traqueal suturada com fio absorvivel e inabsorvivel em coelhos by Cesar Orlando Peralta Bandeira( )

1 edition published in 2000 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Neste trabalho foram comparados aspectos mofologicos e morfometricos da anastomose traqueal em coelhos, com a sutura realizada por dois fios sinteticos absorviveis e dois fios sinteticos inabsorviveis. Os animais foram separados em tres grupos iguais de 24 animais (A, B e C), estudos nos 7o, 14o e 28o (lias de pos-operatorio. Cada grupo foi dividido em quatro subgrupos iguais de seis animais. Apos a excisao de tres aneis cartilaginosos, a anastomose traqueal foi realizada com o fio de poligalactina 910, polidioxanona, polipropileno ou poliester. Ao exame macroscopico, verificou-se que ocorreu uma fistula traqueal no 7o dia de pos-operatorio na anastomose suturada com o fio de poliester. A estenose cicatricial ocorreu com maior intensidade e frequencia com os fios de poliester e polidioxanona, em todos os periodos de obscrvacao. No 14o e 28o dias de pos-operatorio, verificou-se, a microscopia optica, reacao inflamatoria cronica intensa e os maus resultados macroscopicos observados nas anastomoses onde foram utilizados estes fios. Os resultados obtidos permitiram concluir que o fio de poligalactina 910 apresentou os melhores resultados cicatriciais para a anastomose traqueal dos coelhos, seguido pelo fio de polipropileno. Os fios polidioxanona e poliester apresentaram os piores resultados para a cicatrizacao da anastomose(AU)
Staphylococcus aureus: incidencia e resistencia antimicrobiana em abscessos cutaneos de origem comunitaria by Martin Zavadinack Netto( )

1 edition published in 2001 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

O objetivo deste trabalho e estudar prospectivamente Staphylococcus aureus (Monera), como agente etiologico das infeccoes comunitarias, que provocam abscedacao na pele e tecido celular subcutaneo, e seu perfil de susceptibilidade a antimicrobianos utilizados na profilaxia ou terapeutica dessas infeccoes cutaneas. Foram analisadas 107 amostras de secrecoes, coletadas de pacientes do pronto atendimento do Hospital Universitario da Universidade Estadual de Maringa, Estado do Parana, Brasil, portadores de infeccao comunitaria com abscedacao da pele e tecido celular subcutaneo, no periodo de janeiro de 1996 a julho de 1997 . A avaliacao microbiologica foi realizada conforme o preconizado por Bayle, e a avaliacao da sensibilidade in vitro aos antimicrobianos, pela tecnica de difusao em agar segundo Kirby . Foram avaliados 16 antimicrobianos eventualmente utilizados na profilaxia ou terapeutica de infeccoes comunitarias de pele e tecido celular subcutaneo. Das 107 amostras clinicas de pacientes, com queixa de infeccoes com abscedacao da pele e tecido celular subcutaneo, 71 (66,35 por cento) foram positivas para S.aureus e 36(33,65 por cento) negativas para outros microorganismos. Na avaliacao de susceptibilidade do S. aureus, constatou-se uma maior sensibilidade a vancomicina (100 por cento), amicacina (100 por cento), teicoplanina (100 por cento), cefoxitina(100 por cento), cefalotina (98,53 por cento), lincomicina (98,53 por cento), gentamicina (98,2 por cento), oxacilina (96,4 por cento), norfloxacina (95,77 por cento) e sulfazotrim (95,77 por cento), quando comparados a penicilina G(8,45), ampicilina (8,45 por cento), tetraciclina (90,14 por cento), kanamicina (81,69 por cento), eritromicina (88,41 por cento) e cloranfenicol (94,36 por cento). Os resultados do presente estudo permitem concluir que S. aureus e o microorganismo mais frequentemente isolado de infeccoes comunitarias com abscedacao da pele e tecido subcutaneo. O perfil de susceptibilidade evidencia uma alta taxa de resistencia as penicilinas, restringindo o uso destes antimicrobianos como alternativa na profilaxia ou tratamento de infeccoes por S. aureus, mesmo aqueles de origem comunitaria(AU)
Pneumectomia utilizando sutura em bloco do hilo pulmonar por grampeador linear em caes by Cesar Orlando Peralta Bandeira( )

1 edition published in 2001 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

A disseccao individualizada das estruturas do hilo pulmonar para execucao de resseccoes pulmonares nem sempre e de facil execucao. Nas operacoes video-assistidas, as dificuldades de disseccao podem impedir a resseccao por essa via, obrigando o cirurgiao a converter o procedimento operatorio a aberto. As melhoras da qualidade tecnica dos grampeadores cirurgicos na decada de 90 foram tao importantes que comecam a surgir questionamentos quanto a sua possivel eficiencia na sutura em bloco das estruturas do hilo pulmonar, dispensando, assim, a disseccao individualizada de seus componentes, para a realizacao das resseccoes. O objetivo de nosso trabalho foi verificar o efeito da sutura mecanica em bloco do hilo pulmonar. Realizamos pneumectomia em 12 caes machos, adultos, mesticos, com sutura simultanea do hilo pulmonar que foram distribuidos aleatoriamente em dois grupos com seis animais cada, observados ate o 7[vbar] e 14 [vbar] dias de pos-operatorio, obedecendo a protocolos experimentais previamente elaborados de verificacao da macro e microscopia. A via de acesso foi a toracotomia lateral, realizada no animal anestesiado e mantido em ventilacao controlada por ventilador mecanico. A sutura do hilo pulmonar em bloco foi realizada com somente um disparo do grampeador linear cortante de 60mm. Nao houve a ocorrencia de obitos, deiscencias de sutura ou fistulas arteriais ou venosas. Um animal apresentou abscesso no coto de amputacao sem, entretanto, desenvolver fistulas ou deiscencias nas suturas. A evolucao pos-operatoria foi considerada boa em 10 (83,3 por cento) dos animais e regular em 2 (16,7 por cento), que apresentaram pequenos abscessos incisionais. Concluimos que esta tecnica de sutura e viavel, de rapida execucao, apresenta bons resultados e necessita de estudos complementares que os corroborem(AU)
Comparacao da anstomose traqueal saturada com fio de poligalactina 910, polidioxanona, polipropileno e poliester: estudo experimental em coelhos by Cesar Orlando Peralta Bandeira( Book )

1 edition published in 1993 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Escovado pleural sob anestesia local by Cesar Orlando Peralta Bandeira( )

1 edition published in 1993 in Portuguese and held by 1 WorldCat member library worldwide

Foram submetidos ao escovado pleural, as cegas, sob anestesia local, 20 pacientes portadores de derrame pleural livre. Coletou-se amostra do liquido pleural por toracocentese antes e depois do escovado pleural. Os preparados citologicos obtidos foram submetidos a coloracoes com May-Grunwald-Giemsa e Schoor-Harris para a analise citologica. Obteve-se 16// de diagnostico na primeira amostra de liquido pleural, 50// na segunda amostra e tambem 50// no escovado pleural. A associacao dos resultados elevou o indice diagnostico para 66//. Foi relatado dor discreta para a execucao do escovado pleural em 4(25//) pacientes. Conclui-se que o escovado pleural aumentou o indice de diagnostico de derrame neoplasico sem acarretar complicacoes pleuro-pulmonares (AU)
 
moreShow More Titles
fewerShow Fewer Titles
Audience Level
0
Audience Level
1
  Kids General Special  
Audience level: 0.99 (from 0.99 for Herniorraf ... to 0.99 for Herniorraf ...)

Languages